Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




proteger confrades....

por aquimetem, em 05.03.09

          Concordo inteiramente com a atitude no Sr. Presidente da Republica em deixar o (des) governo levar a sua cruzada até ao fim. O povo escolheu, aqui o tem; e pelas sondagens até gosta... Eu não, destesto casamenteiros de homens com homens e mulheres com mulheres, pois entendo  improprio do pensar  de homens com H grande. Depois a provar-se o que tem vindo a ser niticiado na comunicação social em relação à Freeport, aqui sim, já o Sr Presidente da República tem uma palavra a dizer, oxalá não diga...Quem neste processo quer ter oportunidade de falar é Zeferino Boal, ex-presidente da Câmara de Alcochete, e que segundo se consta foi o denunciante deste negócio corrupto. Ai, ai, se o deixam falar!!! Deve saber mais que a PJ e os demais agentes de investigação no caso.   

          Por azar nem o presidente Obama na sua deslocação à Europa se digna visitar Portugal, o que quer dizer que americanos e alemães se estão borrifando para nós, assim como no passado fim-de-semana Sócrates se borrifou para Bruxelas... A vitória em Aveiro para quem tem medo de perder as redeas da governação, vale bem mais que a defesa dos interesses do povo português na  CEE. Que a vitória não sirva para encobrir falcatruas e proteger confrades....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:53


10 comentários

De jts a 06.03.2009 às 15:25

Ui, ui, ui o que por aí vai...meu grande amigo.
Tenho cá na terra um marchante, que quando as coisas o contrariam, diz:
Ora, ora, ora... vamos lá a ser sérios... quantos são os que falam verdade... ora, ora, ora!!!
Meu bom amigo, eu também sou pelos que pugnam pela verdade. Quem dever, que pague. Mas quem for inocente que seja libertado.
Vejamos o que se passa no interior dos, BPP e BPN...não há culpados, só gente séria.
Mas, a oposição política da nossa praça, tem muita dificuldade em analizae estas coisas...!
Enfim... governemos a nossa casa e deixemos que os outros governem a deles.
Agora se mecherem com o nosso bolso, a hirtória é outra. Aguardemos.
Um abraço ,

Teixeira da Silva

De aquimetem a 09.03.2009 às 23:53

Viva amigo!
Cheguei e como disse para dar resposta a todas as mensagens deste fim de semana estou a responder de enfiada, algumas por certo até repetidas, mas que ninguém fique sem resposta. Gostei desta sua apreciação é tempo de Quaresma há que fazer penitencia...Um abraço e até sempre

De mgraça a 10.03.2009 às 13:20

À sim , tempo de Quaresma; mas prontinho para partir e pra longe aqui dos posts, dos posts e de todos nós, ficamos sem ninguém para reclamar.Como é do acabamento das obras da Sra. da Graça? como é do reverdescimento do Monte Farinha? como fica o "não a Fridão"? como fica esta coisa dos erros de portugês do Migalhães? como ficamos de Crise e da Pirataria Desgovernal?-Está a ver o Conterrâneo, vai-se escapulir e quem cá ficar que se safe .Pois sim Quaresma, lá só há safáris,praias e mosquitos claro...Só se for para alguma Missão de Jesuítas...!Ao menos veja se reza!
Quando vier já nem devemos estar vivos...Pois só com metade das reformas como eles querem fazer, morrem de fome a maioria dos portugueses.Até o Obama já deve estar de cabeça perdida também...

De Anónimo a 26.03.2009 às 19:16

Afinal não exagerei quando disse que iriamos passar fome, eles falam que Portugal vai é ficar" insolvente"
dento de 3 a 4 anos.É sim senhor , assim mesmo.
Lamento as notícias.

De mg a 01.04.2009 às 14:22

Hoje dia 1 de Abril, resolveram interrogar o Sr.Zésito Sócrates e conferir as suas contas bancárias, menos mal; mas como é dia de mentiras,
a ver vamos.Cá para mim também o dinheirinho já não está amostra.
Então afinal não está presente no folar da Casa de Trás-os-Montes?-Não sabe o que vai perder, conforme o que relata "Beleza Serrana".O conterrâneo quer lá saber dos amigos.Já deve andar a frequentar a casa do presidente.

De Anónimo a 07.04.2009 às 18:12

Como é?-Já percebi que anda sempre por aqui a ameaçar que vem, que vem; mas não vem!Nem o sr . chega, nem o Primeiro se apresentou "a contas"
Folar do de Valpaços, também já não apanha!
Só os politicos é que têm tantos dias de férias como o conterrâneo.Falam, falam mas...

De Anónimo a 23.04.2009 às 17:09

A propósito de baldas e do salve-se quem puder,dos Comem -tudo , dos Vampiros e também da falta de respeito pelos nossos valores culturais ,aqui fica a apreciação dum grande Senhor:
«...Infelismente a dita "democracia" deste país e a defesa dos verdadeiros valores culturais não passam de uma farsa, "acarinhada" por meia dúzia de "iluminados" pertencentes ou seguidores embrutecidos de um grupo instalado em Portugal há uns duzentos ou trezentos anos, sedentos de "rebuçados", qual suado cavalo após exibição, fustigado pelo tratador.»
-Que haja luz nas pedras!...

De Anónimo a 23.04.2009 às 17:21


UMA ASA DO GRIFO

D.JOÃO II

«De braços cruzados, fita além do mar.
Parece em promontório uma alta serra
-O limite da terra a dominar
o mar que possa haver além da terra». mensagem

De braços cruzados ficou-se agora,
como com pejo de fitar além...
ai de quem não é digno dos heróis doutrora,
nem o nome herdado lhes fica bem!...

Tudo o que do sonhado realizaste,
tido foi como coisa escassa.
Rasgado o peito
como quem renega o sangue,
como quem risca a raça.

NELSON VILELA in O Sal e as Lágrimas

De mgraça a 25.04.2009 às 10:06

«DE QUE TE SERVE , Ó HOMEM, GANHARES O MUNDO;
SE PERDES A TUA ALMA ?»

Deus escreve direito , mesmo em linhas tortas.

"Se não houver luz nas pedras, as palavras ao cairem das árvores , endurecem..." Antonio Cabral

De MARIA DA GRAÇA a 30.04.2009 às 16:36

Olá !
A propósito da homenagem ao escritor Nelson Vilela , lá no local onde tem a suas raízes semeadas, Mondim de Basto ,dia 3, próximo Domingo, com muita alegria nossa, quero aqui, onde o embrião dessa realização se foi desenvolvendo, agradecer a todos que por cá passaram e nos foram acompanhando com a sua atenção. Também
que fiquem aqui exarados os nomes a quem devemos tanto empenho e entusiasmo na divulgação do nosso Poeta, a quem eu deixo a minha amizade e o meu obrigada, para toda a vida:
JOSÉ AUGUSTO COSTA PEREIRA , que nos franqueou a sua porta,anfitrião deste blog ,grande Senhor!
Dr.JORGE LAGE,o escritor do livro sobre o Castanheiro"Castanea Uma Dádiva dos Deuses" que publicou a biografia do Poeta nos jornais nortenhos,já muito amigo dele.
SR.A.FERNANDO VILELA, Administrador do jornal NETBILA de Vila Real,um jornal com alma, que não só divulgou, como chegou muitas vezes a embelezar os poemas que lhe chegavam, com lindas gravuras alusivas, tecidas pelas suas próprias mãos; e que ,"sem este senhor, eu não teria ido a lado nenhum ".
Pessoas generosas, amigas do próximo e sem mas , nem porquês.
Sei que vai chegar a gratidão pessoal de Nelson Vilela; mas fica já aqui a minha.
Muito respeitosamente
Maria da Graça

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D