Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contar, Cantar e Pintar Mondim

por aquimetem, em 05.05.09

 

Foto recolhida duma  varanda da pensão residencial Arcádia

          Como estava anunciado decorreu de 2 a 4 do corrente na florida Sintra transmontana mais um certame cultural intitulado "Contar, Cantar e Pintar Mondim". Nesta 2ª Edição o tema em destaque foram os três principais rios que banham terras do concelho : CabrilÔlo eTâmega.Trata-se de uma  louvável iniciativa da Junta de Freguesia de São Cristóvão de Mondim de Basto, a que preside o Sr. Fernando Maria Dinis de Carvalho Gomes. e que merece ser reconhecida.

          Os oradores escolhidos para  de cada um dos rios falar, foram: José Augusto da Costa Pereira, um ferrenho mondinense, de Vilar de Ferreiros, que do rio Cabril  se ocupou.

          Do Ôlo dissertou o Dr.José  Faria, distinto médico que há muitos anos radicado em Mondim, conhece melhor o rio da "ponte dos presuntos" do que muitos mondinenses, como eu.

         Ao Luis Jales de Oliveira, o "Ginho", encarregaram de cantar o Tâmega, e ele com o seu engenho e arte se encarregou de o fazer com  mestria e  agrado dos muitos convidados. O apresentador e dinamizador do certame foi o meu homónimo e companheiro de letras, José Teixeira da Silva, que felicito por mais uma publicação, agora o  opúsculo  sobre a vida de Valdemar Cardoso Alves.  Parabéns. 

Eng. F.Ribeiro, Fernando Gomes, Mons. Minhava, Dr. Alves

Peixoto e J. Teixeira da Silva

          O certame teve inicio, no sábado, ás 14h00, com a recepção aos convidados, no quartel dos Bombeiros Voluntários. A abertura oficial foi  às 14h30, com a presença do Engº. Francisco Ribeiro, em representação do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Mondim, Pinto de Moura, que por motivos de saúde não pode assistir; Presidente da Assembleia Municipal, Dr. Joaquim Avelino Alves Peixoto; Presidente da Junta da Freguesia de Mondim, Fernando Maria Dinis de Carvalho Gomes, e Monsenhor Angelo do Carmo Minhava,  figura incofundivel na cultura das letras e das artes  musicais.

          Às 15h00, com apresentação dos intervenientes, por Teixeira da Siva, foi dada a palavra aos oradores convidados: Elisa Dinis, Engª. Ambiental, Mons. Minhava, Costa Pereira, Dr. Faria e Luis Jales de Oliveira que animaram a tarde até cerca 18h30.

 Cabril, praia fluvial dos Cavacos

         A noite foi abrilhantada  com um serão musical que a consagrada  Dinora Campos  materializou e os assistentes aplaudiram durante umas duas horas e que teve inicio as 21h30. 

           O domingo, dia 3,  foi destinado a homenegear o Dr. Nelson Vilela, um transmontano de Vilarinho da Samardã que um dia veio parar a Mondim e aqui criou e deixou raizes.

           Como director que foi do ex-Externato Srª  da Graça formou gerações e criou amizades entre colegas e alunos, por isso lá se viu rodeado de amigos, como Monsenhor Minhava; colegas, como um Valdemar Cardoso Alves, e alunos como uma Maria da Graça que de Lisboa foi propositadamente saudar a merecida homenagem ao poeta que tanto admira.     

          Todos reunidos num almoço, que por volta das 13h00 ocorreu num restaurante da vila, ex-alunos e professores do também ex-externato, cumpriram um dever de gratidão digno de louvor. A marcá-lo esteve Monsenhor Minhava, como orador  notavel pelo seu saber, e o Grupo Coral de São Cristóvão que encerrou esta memorável homenagem ao autor de Livro de Horas. Houve ainda tempo para depois, às 22h00,  na Sede da Freguesia se recordar e prestar homenagem postuma um mondinense que muito escreveu, bem como  a seguir ver os rios pelos olhos de um  canoista. Não assisti, confesso.

          O certame só ontem, segunda-feira, dia 4, encerrou a esta hora com um progama assim  apresentado: 09h30 - Exposição aberta aos alunos  do agrupamento de Escolas de Mondim de Basto.

          11h00-homenagm dos 900 anos do nascimento de D.Afonso Henriques. Com apresentação do livro do autor Pedro Seramenho - Alunos do 5º ano.

           14h00- Alunos do 5º e 6º ano.

           20h00 - Abertura

           Presidente da Junta de Freguesia

           Vereador da Cultura do Município de Mondim  de Basto

           21h00 - Entrega dos prémios dos concursos ( literário,fotográfico e plástico).

           21h30 - apresentação das obras literárias dos autores:

          José Teixira da Silva - "Valdemar cardoso Alves, o homem, o professor e o político"

          Adelino Ínsua  - " Livro de esmolas"

          23h00 - encerramento desta que foi a 2ª edição de "Contar, Cantar e Pintar Mondim"

 

 Flores do sedutor e didatico jardim mondinense  

 

 Casa da igreja ou Casa da Cuitura de Mondim de Basto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53


11 comentários

De mgraça a 07.05.2009 às 12:25

A nossa Terra é muito linda!
A festa de Modim Contar,Cantar e Pintar, foi distinta!...
Os Excelentissimos oradores, sobre os nossos Rios, todos exímios, focando cada pormenor com brilhantismo, particularmente, a bulir cá dentro no nosso coração com"Os Meninos do Rio", Sr.Luis Jales de Oliveira, o menino do Sr.Oliveira da farmácia e da D.Lurdinhas do Retiro «o Ginho», que tem o condão de nos fazer chegar as lágrimas aos olhos, tal é a veracidade dos discursos dele,só mesmo quem viveu , e cresceu lá é que sente a essência, daquilo que ele relata!..A Cantora lírica, o belo Grupo coral, com queridos amigos e amigas e harmoniosas vozes...
O nosso obrigado à generosidade das entidades que dirigem Mondim , pelo lauto banquete com que nos brindaram na homenagem do nosso Poeta, pois nos dias de hoje sabemos das dificuldades que generalizam por todo o lado, muito mais em terras pequenas; aliás estava convencida que eram os próprios alunos a pagar; aqui a tal distinção transmontana a deixar-nos orgulhos daqueles que se encontram á frente...Por mim mais uma vez obrigada.O encontro entre os antigos alunos, foi deveras emocionante; agora todos na meia idade, os cabelos acinzentados, uns kilos a mais,era uma delicia quando por fim nos conseguiamos identificar, desatávamos às gargalhdas...!-Bonito de ver!
Para mim , que me contentava em divulgar alguns poemas do nosso Poeta, esta festa foi uma coroação.
Parabéns a todos de Mondim de Basto,são o nosso orgulho!

De aquimetem a 07.05.2009 às 19:36

É sim senhora, e eu gostei de lá ir matar saudades , ver amigos e conhecer novas caras! A da Mgraça foi uma delas. Pena tive que saísse tão apressada e nem ao menos lhe pudesse ofertar cópia do que à vilta do nosso rio Cabril expus. Também achei que o seu nome merecia ser focado no decorrer do evento, mas nem tudo lembra a quem carrega com o peso dos grandes eventos, como foi o caso. Parabéns por ter ido, e pelo seu comentário (e tantos outros !!!) em Ao sabor do tempo. Bem haja.

De mg a 08.05.2009 às 00:07

Olá, boa noite conterrâneo!Saí rápido porque ainda vinha para cá e com a minha mãe;era uma longa viagem .Mas faço questão de dizer aqui que o Sr. foi muito meticuloso no seu descrever de toda a circulação e propriedades do rio Cabril.Ouvi-o com toda a atenção e interesse, e devo dizer-lhe também que já o vi em fotografias a discursar, e muitas, todo airoso.Agora se me quiser ofertar uma cópia do discurso, pois estimaria muito.
Um abraço.

De jts a 08.05.2009 às 12:26

Para o meu amigo COSTA PEREIRA e para a minha querida antiga vizinha, MARIA DA GRAÇA, a eterna gratidão pela vossa presença, na fesfa de homenagem ao Dr. NELSON VILELA.
A alegria que senti, pela colaboração que recebi de todos vós não tem preço. Foram vocês, o instrumento materializador que forjou a realização desta homenagem. O seu, a seu dono, como dizem por aqui.
Tive pena, muita pena que não tenha tido oportunidade de me despedir de vocês. Nem me apercebi da vossa partida. Obviamente que andava em bolandas com a organização do evento e posso afirmar, que só descancei, quando na segunda-feira , já passava da meia-noite, me deitei, finalmente.
Agora, vamos com mais calma, pensar na 3.ª edição e organizar uma comissão, para tratar do convívio que se deseja anual entre todos nós. Valeu?
Então, vamos em frente.
Um abraço muito grande, aos dois amigos e grandes Mondinenses.

Teixeira da Silva

De mgraça a 11.05.2009 às 11:56

Olá sr.Teixeira da Silva!
Eu é que agradeço a sua força de vontade para tudo; recebeu todos com muita gentileza e simpatia.Quero também eu agradecer o seu livro apresentado nesse dia a Dr.Valdemar Cardoso Alves, O Homem OProfessor e o Politico, que é muito mais que um simples livro, é um documento de registo de todos os passos do nosso estimado e saudoso Professor e com o belo prefácio de Nelson Vilela.Paraéns a José Teixeira da Silva de Mondim de Basto.
Um abraço.

De aquimetem a 11.05.2009 às 14:52

Quem fez a festa foram os actores..., eu além do meu empenho no procurar bem descrever o rio Cabril, nada mais fiz. Felicito uma vez mais a organização do Contar, Cantar e Pintar Mondim, sobretudo por incluir no certame uma homenagem a alguém que como o Nelson Vilela dotou a gente de Mondim com alma nova, despertando-a para a vertente cultural que não tinha. Combater a ignorância só é possível com verdade rigorosa, e a verdade rigorosa não tolera louvores sem justa causa... O meu louvor de verdade, no que de verdade senti. Missão cumprida, e blog às ordens. Continuem !

De mg a 13.05.2009 às 21:02

Sr.Teixeira da Silva, não o tinha informado de que estava uma reportagem , embora pequena com fotos do nosso Poeta e Padre Minhava, no netbila !-pode encontrar também alguma surpresa acerca do seu livro~, nunca se sabe.
Abraço.

De mg a 16.05.2009 às 13:21

Missão cumprida, não! antes missão comprida, pois ainda não há um editor que digne aditar Nelson Vilela; devem ser todos de gosto muito refinado...tipo só dá para venda , a Carolina salgada ,e ,ou badalhoquices assim no género.Isto faz-me lembrar um mail que corre por aí, a comparar as mçãs com as mulheres, que são escolhidas as que estão mais na base da macieira, podem ser mais mal encaradas e de má qualidade;mas estão mais à mão...!As que estão na cúpula, de grande beleza e requinte, essas são inacessiveis, ficam por colher...
É o que está a contecer aos verdadeiros valores.
Bamdalheira ,como diz Barroso da Fonte ,lá no "Pais de Doidos ".Mas isto ainda muda!!

De jts a 18.05.2009 às 18:42

Maria da Graça, as minhas saudações amigas, nesta tarde de sol, que finalmente resolveu aparecer, depois de uns tempinhos de chuva a amaciar a terra seca.
Segui o teu conselho e fui dar uma espreitadela ao
"netBila" e obviamente que fiquei encantado.
Isto, só mesmo de ti. É nestes pequenos nadas que se reconhecem os amigos.
Eternamente grato, Maria da Graça...!
Quanto à ideia de se publicar a obra do Dr. Nelson Vilela, numa antologia que contemple todas as suas obras, é uma ideia a considerar. E mais, é possível discuti-la numa das próximas reuniões que irão haver para a formação da "Associação dos Antigos Alunos do Externato de N.S. da Graça".
Obrigado Maria da Graça.
Teixeira da Silva

De mg a 19.05.2009 às 18:19

Viva sr.Teixeira da Silva!
Não tem que me agradecer nada,sou companheira e só tenho que escrever um pouco;a quem devemos
gratidão e hospitalidade será ao Sr.A.Fernando Vilela, cunhado do grande Dr.António Cabral, cuja doutrina tem sido:Entre quem é!-Transmontanos de altos valores morais.
Quanto à antologia das obras de Nelson Vilela:já imediatamente,por favor coloque-me na lista e vamos a isso.Temos de nos ajudar uns aos outros.
Claro que fico ao dispor, para o que quiserem .Sei que é uma coisa que ele gostaria de realizar! Como diz a rapaziada:`Bora lá a isso!
Sempre respeitosamente



De Maria Joao a 31.10.2016 às 21:17

Estimado Sr.,

Gostaríamos de contatar a cantora lirica Dinorah Campos porém não temos qualquer indicação telefónica, ora solicitamos, se possível alguma forma de endereço eletronico e/ou nr telefone.

Antecipadamente grata,

Maria João

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D