Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quanto mais juntos melhor

por aquimetem, em 25.01.11

          Encerra hoje o Oitavário da Unidade dos Cristão que teve inicio no passado dia 18. São 8 dias de oração mais intensa que a Igreja dedica todos os anos, aqueles que crêem em Jesus Cristo, para que cheguem a fazer parte da única Igreja por Ele fundada.

         A festa de hoje, festa da Conversão de São Paulo, foi instituída por Leão XIII, em 1897, na Enciclica Santís cognitum, dispôs que fossem consagrados a esta intenção os nove dias que vão da Ascensão ao Pentecostes. Porém em 1910, São Pio X transferiu a celebração para os dias que decorrem entre a antiga festa da Cátedra de São Pedro, que se celebrava no dia 18 de Janeiro, e a Conversão de São Paulo, no dia 25. E assim se mantém.

          Também o Concilio Vaticano II, no Decreto sobre o ecumenismo, insta os católicos a rezar por esta intenção, "conscientes de que este santo propósito de reconciliar todos os cristãos na unidade de uma só e única Igreja de Cristo excede as forças e capacidades humanas" (Decr. Unitatis redinttegratio, 24).

          Os frutos desta intenção à volta da festa da conversão do Apostolo dos "Gentios" têm sido abundantes, com muitos cristãos, e até "igrejas"  separadas, a integrarem-se e a procurarem corresponder ao determinado por Jesus Cristo: Um só rebanho e um só pastor. Vamos continuar a rezar pela unidade dos cristãos e quanto mais juntos melhor.

         Fonte: Falar Com Deus, de F. F. Carvajal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:34


Obrigado, pela vossa amizade

por aquimetem, em 16.01.11

          Hoje fui mais o meu conterrâneo José  Francisco B. Lopes, fazer uma visita ao insigne vila-condense (natural de Fajozes) Dr. Primo Casal Pelayo, que continua ainda em convalecença da mossa provocada por uma queda que deu há tempos. Homem de cultura a quem muito deve Mondim de Basto, mormente a freguesia e paróquia de São Pedro de Vilar de Ferreiros, Primo Pelayo a pesar da idade continua a ser um admirador convicto da região de Basto que acompanha lendo todas as noticias que lhe cheguem pelo jornal, rádio ou tv.  O tema desta tarde foi à volta do Monte Farinha e da sua ermida ou Santuário que ele admiravelmente estudou, historiou e editou, em 1968; e reeditou, em 1988. Memórias doutros tempos e batalhas... 

          Formado em Direito, depois de passar pela Magistratura (como delegado do MP), optou pelo Ensino Particular, primeiro num colégio familiar  e mais tarde num colégio que adquiriu em Lisboa. Aqui trabalhou até à sua aposentação, formando e cultivando gerações que além do mestre, tinham no Dr. Casal Pelayo um amigo generoso. O tempo passa e nem sempre os amigos sabem corresponder e ser agradecidos. Mas lá fui hoje dar com um casal amigo que já não via há mais de três décadas e sei é o maior amigo, diria o " Anjo da Guarda", de um consagrado estudioso e homem de letras que ao Ensino e à História de Portugal prestou relevante serviço. Ao casal Godinho que tão dedicadamente tem acompanhado na doença e na idade  este ilustre ansião as minhas felicitações. Fez-me lembrar: "Apresentei-Me aos que não perguntavam por Mim, encontraram-Me os que não Me procuravam (Is LXV, I)".  Também o meu obrigado, pela vossa amizade                 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32


Véspera e dia!

por aquimetem, em 10.01.11

          O ultimo dia de 2010, como a noite de Natal, foi de muita chuva e frio em terras de Leiria, mas nem por isso impediu as tradicionais saudações festivas a  um Novo Ano que ia começar, e até este arco ires parece se quis associar. 

           "Há mais...", disse eu, noutro local.  Há mais, e aqui vou revelar o quê! Se pensam que gastei quase o tempo todo de Advento e Natal a visitar presépios e lares de idosos, enganam-se. No dia 27 de Dezembro, o Zé da Prazeres fez anos, mas como calhou à 2ª-feira optou por festeja-los no dia 31, para  assim em família alargada dar um pontapé no velho e confiante no novo, torcer por um 2011 muito mais próspero para todos. Assim  se espera.   

 

           O vídeo mostra azáfama que mais uma vez foi, no telheiro da ti Beatriz. Parabéns ao Zé

 Mas as coisas não ficam por ali. Houve restos, e bons. E como no aproveitar é que está o ganho, no 1º Dia do Ano voltou-se ao telheiro, e após barriguinha cheia, um passeio pela aldeia vinha mesmo a calhar, e foi. Festa é festa, e vai de improvisar um grupo de cantadores de janeiras ou reis, de modo a justificar uma batidela ao ferrolho do Chico da Lígia Afonso. Foi o fim.... Rica véspera, dia e tarde... de Ano Novo!

Este vídeo é testemunha.....

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 00:23


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D