Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




arte e mistério...

por aquimetem, em 12.05.08

 

 

 

          Carnide que em 1960 era ainda uma modesta freguesia rural dos arrabaldes de Lisboa, embora já então com uma população (4263 h) tradicionalmente muito diversificada, é hoje uma das mais importantes freguesias da Capital, onde  empreendimentos como o Colombo, Hospital da Luz, Casa do Artista e Teatro Armando Cortez  vêm agora juntar-se e assim enriquecer mais um espaço que deve parte da sua história ao Santuário de Nossa Senhora da Luz e ao Colégio Militar.

          Não tenho presente o ano, mas lembro-me que a 1ª visita que fiz a Carnide foi de eléctrico, no "13", nem tão pouco se nessa ocasião cheguei a ir ao Largo do Coreto, ou me fiquei apenas pelo Jardim da Luz para  ali conhecer o Santuário onde repousa a ossada da grande benemérita, a Infanta Dona Maria, filha de D. Manuel I e de Dona Leonor. Sei que fiquei cliente e admirador da terra que tem São Loureço por patrono, e não raro subo até ao seu Centro Histórico para no Largo do Coreto tomar o meu cafezinho no Sr. António ou no Carnide Club, e também uma vez por outra me deliciar num ou outro dos muitos típicos e famosos restaurantes de Carnide para saborear o apetitoso  "naco na pedra".

 

 

 

          No passado sábado, dia 10, havia magia na Tenda do Circo, junto ao Jardim da Luz, o meu amigo Hugo com toda aquela generosidade que o caracteriza não esteve  com meias medidas e vai de comprar bilhetes para todos os amigos que entendeu estivessem disponíveis para às 10h30 assistirem ao espectáculo. Nem todos puderam ir, mas foi o Costa, o pai, a irmã  e a sua amiga Rita. 

 

 

          Há muito que não assistia a uma sessão de ilusionismo, e nem tão pouco me passou pela cabeça que isso ia acontecer nesse manhã, pois não estava a ver a Junta de Freguesia de Carnide, promotora da iniciativa denominada HAJA CIRCO, que teve lugar nesse fim-de-semana, dar o relevo que deu à fabulosa arte de Robert Houdim. Os meus parabéns. Depois além do espectáculo foi um prazer imenso, o  ir encontrar um artista que já não via há vários anos, o inconfundível MAIK MAGIC !  Aqui o vemos na  intrigante execução do "número das argolas"  perante os olhares  atentes de dois espectadores pasmados com tanta arte e mistério...Pena tive foi de só mais tarde saber que neste programa de animação de rua e artes circenses  incluía nesse dia  o lançamento de um livro de Fátima Freitas sobre a vida e obra da veterana Karley Aida, intitulado "KARLEY AIDA - O CIRCO, A VIDA", que hei-de procurar adquirir-lo. Pois bem o merece, tão grande Artista!

 

 

          Este espectáculo fez-me recordar velhos tempos em que também eu distraia plateias com as minhas magias, esta foto regista uma das minhas exibições no palco do Casino da Figueira da Foz . Ah quantos anos!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:26



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D