Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



550 Anos de Luz....

por aquimetem, em 24.09.13

          Este ano a famosa procissão de Nossa Senhora da Luz que todos os anos tem lugar em Carnide (Lisboa), no último domingo de Setembro, foi antecipada para o domingo anterior, visto este ano haver eleições autárquicas, nesse dia, em Portugal. Desde 1443, faz agora 550 anos, que Nossa Senhora é cultuada por esse titulo, que dizem se veio sobrepor ao do Espírito Santo que primeiro teve ali ermida. Quem de certeza foi e é também cultuado em Carnide é o meu vizinho São Lourenço, patrono da freguesia e que este ano, com São Francisco foi também na procissão. Uma iniciativa muito louvável do zeloso pároco Frei José António

            Se as cerimonias religiosas atraem milhares de devotos, vindos das mais afastadas redondezas da capital, a feira da Luz por sua vez contribui de certa forma para dar apoio a esse avolumar de fieis que aproveitam para mercar ou comercializar numa feira, onde se vendem roupas, olaria, cestaria, loiças, artesanato, mobiliário, e não falta também a boa restauração, as farturas e a tasquinha dos coiratos. Já lá vai o tempo em que era uma das mais importantes feiras de gado da região saloia e alfacinha. Tudo acaba e até o que resta de feira, por este andar também está por um fio...

 

           Indisponível para acompanhar a procissão ao longo de seu trajecto optei por aguardar a sua passagem junto ao portão da igreja de São Lourenço, onde sabia ela ia passar para integrar no cortejo o padroeiro e seu companheiro São Francisco. Do Santuário da Luz, pela Rua da Fonte, a procissão saiu por volta das 16:00h após a missa solene, e ao passar ao portão da quinta de São Loureço recebeu as imagens a que se fez referencia, continuando agora pela Estrada da Correia, Largo do Malvar e Largo do Jogo da Bola, de regresso ao Santuário.

  

          Como sempre muitos devotos na procissão, e muitos fieis que pela idade ou maleitas, e  muitos também por comodismo, se ficam pelo caminho ou janela. Há de tudo e o importante é ter fé, até porque estamos em Ano dela. 

 

          A passar junto ao portão da igreja de São Lourenço

  

           Momento em que as imagens se integram na procissão sob orientação do padre frei Silvestre, aqui muito atento a ver desfilar os devotos

          Ainda no mesmo local outra foto que mostra a procissão a deixar o Largo do Coreto para entrar na  Estrada da Correia.

 

            Na Estrada da Correia, junto ao Chafariz

 

           Aqui a procissão já no Largo do Malvar, no momento em que passava o Pálio, com o Santo Lenho

 

           E logo a trás do Pálio, a Imagem de Nossa Senhora da Luz que este ano celebra 550 Anos de Luz...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:58


Limpar as sarjetas

por aquimetem, em 20.11.11

        

          Sempre que a chuva carrega um pouco mais, logo um dos troços da antiga via que dantes ligava a freguesia de Benfica com Carnide se transforma num autentico lago e ratoeira para quem por algum tempo ali estaciona a sua viatura. E tudo porque ali, nas traseiras do Lg Miguel José Mendes, em Carnide, quem traçou e construiu a Av. dos Condes de Carnide  ao estrangular a antiga Estrada do Poço do Chão se esqueceu de deixar sumidouro suficiente  para às águas pluviais que descem de Carnide Velho poder entrar no colector por uma pequena e simples sarjeta. Que por regra até costuma estar sempre obstruída. 

          O vídeo mostra os efeitos que chuva ali provoca, e quanto a estragos dado que o dia 19 calhou ao sábado e também porque  agora a zona passou a estar sob alçada da EMEL, havia espaço para deixar o carro mais afastado das linhas de água.

 

         Esta é a Estrada do Poço do Chão que descendo da Estrada da Correia a par do muro da ex-Quinta do Bom Nome ligava pelo Charquinho com Benfica e hoje morre cortada pela Av. dos Condes de Carnide e duma barreira a separar.

        

            Ao fundo o estrangulamento da via e a respectiva barreira que a separa da Av. dos Condes de Carnide e dos  muros do cemitério de Benfica.

 

        Aqui junto à sarjeta que a lama não deixa ver, mas uma pedra no bordo do canteiro indica a sua direcção, se pode concluir do jeito como em Portugal se fazem os acabamentos nas obras que o povo paga.

 

         Como dizia aos fins de semana o parque é menos procurado e agora com a EMEL em cima dos não pagantes, cada vez vai ser pior. É tempo de crise, porém haja ao menos vagar para limpar as sarjetas

 

          Isto porque o que aconteceu no sábado, já no passado dia 29 de Abril se tinha observando, mas então com a chuva a cair em forma pedra. Devia ter partido a grelha da sarjeta, mas não partiu.

 

         Nessa ocasião o parque estava a abarrotar, quanto a prejuízos só quem os pagou é que sabe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:58


Foi meu pároco e amigo

por aquimetem, em 03.11.11

 

N.6-8-1948 --- F.26-9-2011

          É tradição, mas também obrigação cristã visitar os cemitérios nesta quadra que envolve os dias 1 e 2 de Novembro, respectivamente Dia de Todos os Santos e Dia de Fieis Defuntos - palavra que significa os que deixaram a sua "função", actividade terrena. A Igreja até concede indulgencias a quem nessa visita tiver presente as intenções do Santo Padre que são as de toda a Igreja Católica Apostólica Romana. Como a maioria dos que em Portugal aproveitam o Dia de Todos os Santos, por ser feriado nacional, para visitarem os seus Defuntos, também eu nesse dia me desloquei a Cemitério dos Prazeres e junto à sepultura do saudoso Padre Filipe lhe deixar em oração a minha sentida homenagem. Foi meu pároco e amigo.

          O Padre Filipe era aquele Frade Franciscano que como São Francisco amava de verdade todas as criaturas e que por isso também tanto na sua comunidade religiosa, como na sociedade civil era por todos estimado. Foi pároco de Carnide onde deixou obra assinalável como por exemplo o Centro Social e a igreja de São Lourenço, e como director do Externato da Luz deu prestigio à sua Comunidade, mas também à freguesia de Carnide.

          O Padre Filipe Carreira Rosário era natural da Caranguejeira (Leiria), onde nasceu a 06 de Agosto de 1948 e faleceu no passado dia  26 de Setembro (com 63 anos) no Instituto Português de Oncologia.

 

          Nesta humilde sepultura do talhão dos Franciscanos, no Cemitério dos Prazeres, repousam os restas mortais de um homem que em vida "encarnou com excelente primor a caridade, a assistência, a ajuda aos necessitados", sempre sem mostrar à outra mão o que deu a direita.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:26


arte e mistério...

por aquimetem, em 12.05.08

 

 

 

          Carnide que em 1960 era ainda uma modesta freguesia rural dos arrabaldes de Lisboa, embora já então com uma população (4263 h) tradicionalmente muito diversificada, é hoje uma das mais importantes freguesias da Capital, onde  empreendimentos como o Colombo, Hospital da Luz, Casa do Artista e Teatro Armando Cortez  vêm agora juntar-se e assim enriquecer mais um espaço que deve parte da sua história ao Santuário de Nossa Senhora da Luz e ao Colégio Militar.

          Não tenho presente o ano, mas lembro-me que a 1ª visita que fiz a Carnide foi de eléctrico, no "13", nem tão pouco se nessa ocasião cheguei a ir ao Largo do Coreto, ou me fiquei apenas pelo Jardim da Luz para  ali conhecer o Santuário onde repousa a ossada da grande benemérita, a Infanta Dona Maria, filha de D. Manuel I e de Dona Leonor. Sei que fiquei cliente e admirador da terra que tem São Loureço por patrono, e não raro subo até ao seu Centro Histórico para no Largo do Coreto tomar o meu cafezinho no Sr. António ou no Carnide Club, e também uma vez por outra me deliciar num ou outro dos muitos típicos e famosos restaurantes de Carnide para saborear o apetitoso  "naco na pedra".

 

 

 

          No passado sábado, dia 10, havia magia na Tenda do Circo, junto ao Jardim da Luz, o meu amigo Hugo com toda aquela generosidade que o caracteriza não esteve  com meias medidas e vai de comprar bilhetes para todos os amigos que entendeu estivessem disponíveis para às 10h30 assistirem ao espectáculo. Nem todos puderam ir, mas foi o Costa, o pai, a irmã  e a sua amiga Rita. 

 

 

          Há muito que não assistia a uma sessão de ilusionismo, e nem tão pouco me passou pela cabeça que isso ia acontecer nesse manhã, pois não estava a ver a Junta de Freguesia de Carnide, promotora da iniciativa denominada HAJA CIRCO, que teve lugar nesse fim-de-semana, dar o relevo que deu à fabulosa arte de Robert Houdim. Os meus parabéns. Depois além do espectáculo foi um prazer imenso, o  ir encontrar um artista que já não via há vários anos, o inconfundível MAIK MAGIC !  Aqui o vemos na  intrigante execução do "número das argolas"  perante os olhares  atentes de dois espectadores pasmados com tanta arte e mistério...Pena tive foi de só mais tarde saber que neste programa de animação de rua e artes circenses  incluía nesse dia  o lançamento de um livro de Fátima Freitas sobre a vida e obra da veterana Karley Aida, intitulado "KARLEY AIDA - O CIRCO, A VIDA", que hei-de procurar adquirir-lo. Pois bem o merece, tão grande Artista!

 

 

          Este espectáculo fez-me recordar velhos tempos em que também eu distraia plateias com as minhas magias, esta foto regista uma das minhas exibições no palco do Casino da Figueira da Foz . Ah quantos anos!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:26


Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D