Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Espectáculo a não perder!

por aquimetem, em 24.05.13

          Para os católicos o mês de Maio é tradicionalmente dedicado a Nossa Senhora. Neste mês que está a chegar ao fim é habitual em muitas paróquias rezar-se o terço em comunidade todos os dias, e no Opus Dei fazer "romarias" aos santuários marianos. Também designado por "Mês das Rosas" é sem dúvida um mês colorido e alegre que consola e anima. Todos os anos costumo aproveitar de um ou dois fins de semana para neste "mês das Rosas" me deliciar a ver o jardim da minha casa todo florido, e com algumas plantas a lembrar visitas e passeios que já dei e donde as trouxe como recordação. No "Castro" de Vigo, aqui há ja uns bons anos colhi um ramo duma espécie de "chorão-das-praias" que até supus que não pegava, mas passado tempo inçou e quando florece fica um encanto. É da família das Carpobrotus edulis, dizem os entendidos.

          As rosas pertencem à família Rosaceas e ao gênero Rosa L, com mais de 100 espécies, e milhares de variedades, híbridos e culltivares. São arbustos ou trepadeiras, providos de acúleos. As folhas são simples, partidas em 5 ou 7 lóbulos de bordos denteados. As flores, na maior parte das vezes, são solitárias. Apresentam originalmente 5 pétalas, muitos estames e um ovário ínfero. Os frutos são pequenos, normalmente vermelhos, algumas vezes comestíveis.

           Há as de várias cores, tamanhos e nomes até de "Ave Marias", não conhecia.

          Que são belas e tem espinhos, sim. Como as rosas, outras espécies mais nos enchem os olhos.

          O "brinco-de- princesa"  é uma espécie híbrida obtida a partir de espécies sul americanas, principalmente Fuchsia corymbiflora Ruiz. & Pav., Fuchsia fulgens Moc. & Ses. e Fuchsia magellanica Lam.

 

          A estrelícia ou ave do paraíso é o nome cientifico Strelitzia reginae. Do latim = estrelícia da rainha, em honra de Carlota de Mecklemburg-Strelitz, esposa do rei Jorge III de Inglaterra, morta em 1818. É uma planta herbácea, perene, originária de África do Sul.

            O "nome cientifico da "escova-de-garrafa ou "lava-garrafas" é Callistemon spp, da familia das Myrtaceaes.Este género possui mais de 30  espécies catalogadas, sendo que a maioria delas originárias da Austrália. As escovas-de-garrafa apresentam porte arbustivo ou de arvoreta, alcançando de 3 a 7 metros de altura. Suas folhas são em geral pequenas, lanceoladas a lineares, verdes, sésseis, perenes e aromáticas, que vão se tornando bronzeadas".   

         Foi a pensar em dois acontecimentos que vão ocorrer neste fim de semana em terras de Basto que enfeitei este post com flores. Amanhã, em Celorico: o Luís Jales de Oliveira, lança um livro sobre as Camélias desse concelho. Domingo, no Monte Farinha, festeja-se a Ascensão do Senhor que coincide com o Domingo da SS Trindade. Uma boa ocasião para encher os olhos de beleza e os pulmões de ar puro, com o Monte de NSª da Graça nesta altura revestido de baixo a cima com as giestas floridas. Um espectáculo a não perder! Eu fico-me com o que tenho no quintal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:22


Romarias do Mês de Maria

por aquimetem, em 02.05.12

          O “ Mês das Flores” é consagrado pela devoção mariana a Nossa Senhora, e abre com a jornada do 1ºdeMaio a festejar São José Operário. Assim acontece desde que Pio XII, em 1955, deliberou dar merecida e desejada dimensão cristã à “Festa do Trabalhador” criada pela Internacional Socialista, em 1889.

           Face à importância que o trabalho tem para uma alma cristã, logo o 1ºdeMaio mesmo que não tivesse São José como referência tinha desde inicio o respeito e estima dos fieis católicos. De tal forma que a seu tempo surge até no seio da Igreja um santo sacerdote que funda, em 1928, o Opus Dei, e uma das condições impostas por São Josemaria Escrivá aos “candidatos” a membro dessa instituição da Igreja é que trabalhe, e se santifique no trabalho e com o trabalho.

 

          Grande devoto de Santa Maria, que Fátima bem conheceu, São Josemaria infundiu nos seus filhos e filhas do Opus Dei o habito de no mês de Maio mimosear a Nossa Mãe Santíssima com uma “romaria” especial a qualquer dos muitos santuários que lhe são consagrados. Romaria que consta, em rezar três terços a Nossa Senhora, um na ida; outro – o correspondente a esse dia -, no santuário; e no regresso, mais um.

          Foi o que fiz, integrado num grupo de amigos que já fartos de festejar um 1ºdeMaio cada vez mais dos políticos, antes optei por um passeio higiénico com gente trabalhadora até ao Santuário de Nossa Senhora da Pedra Mua, no extremo do Cabo Espichel (Sesimbra) para em simultâneo iniciar o mês de Maria com uma romaria.

 

           Como em tantos outros lugares sagrados também aqui a primitiva imagem foi retirada do altar da padroeira e substituída por outra mais moderna. Entre os vários factores conta o crescente número dos amigos do alheio e de "especialistas" no roubo de peças de arte que quase impunemente actuam dentro e fora de fronteiras. Desta imagem que consta em postal, ali adquirido, se diz, quanto ao culto, que já antes de ser misteriosamente descoberta, em 1410, é crível fosse venerada. A igreja actual é de 1701.

 

           E como não é aconselhavel  pregar  a estômagos vazios lá fomos abancar a casa do Dr. Alfredo que no seu hospitaleiro retiro da Serra da Azóia nos encomendou a "feijoada" e acolheu com a galhardia e a generosidade propria dos primeiros cristãos.  

 

          Onde todos trabalham nada custa, e ser "moderno" também nas lides da casa se deve manifestar. Sem complexos.

          E como é da praxe é sempre agradável um cafezinho no clube do Serra...para depois arrancar e dar continuidade às Romarias do Mês de Maria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D