Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Parabéns Dr. Nelson

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 03.09.08

N. Vilela

          Sim, senhor! Nunca pensei que que a minha modesta homenagem ao poeta e prosador transmontano Nelson Vilela neste meu blog "Ao sabor do tempo" viesse a merecer tamanha apreciação por parte dos amigos e admiradores deste ilustre filho de Vilarinho da Samardã, mas o facto é que assim aconteceu: 82 comentários até este momento! É obra! Pela minha parte, uma vez mais: parabéns Dr. Nelson.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:16


21 comentários

De aquimetem, Falar disto e daquilo a 31.10.2008 às 21:08

Quem teve a genial ideia de transcrever para aqui o presente texto, foi muito feliz! Isto porque além de alertar os amigos do Dr. Nelson para uma outra realidade também menos conhecida a respeito do Poeta, que é a de jornalista, desviou as atenções do um post central, o qual já ultrapassa a centena de comentários, é muito .... Quanto ao texto, como colaborador e leitor assíduo do n/jornal, A Voz de Trás-os- Montes, tive do conteúdo conhecimento atempadamente

De Anónimo a 03.11.2008 às 13:05

Olá amigo!-Pois é claro que me servi do texto que o amigo teve tanto trabalho a enviar- me do seu jornal;e não foi para me desviar dos outros diálogos,lá do outro blog.É que o texto do nosso Poeta , tinha que ser colocado aqui, para lhe dar-mos os parabéns, como diz o Conterrâneo:"ELE MERECE"!...
Não sei se reparou, que o Poeta escreve prosa como se de poesia se tratasse, como se estivesse a bordar a paisagem ou a pintá-la numa tela; e ainda coloca aqui e ali, uns laivos de alertas sobre assuntos bem actuais da nossa poiltica.Esta caracterisca de escrita, encontra-se em todos os seus livros, tanto de versos como de prosa,gostava
que o amigo pudesse lê-los.Ele deixa sempre perceber-se, tanto nos poemas tristes como nos mais alegres,o tal sentido de humor, como se gracejasse com ele mesmo, e ainda procura que os versos vão abranger o estado actual das coisas, do nosso Pais , das nossas gentes.Claro que não sou ninguém para saber avaliá-lo; mas o que eu sei é que ele não é uma pessoa nada simples,é bem fora do comum.Será que vai haver alguém apto a avaliá-lo?-Começo a ficar preocupada.Será que todos vão ler o texto todo ao jornal, ou ponho cá o que falta?
Na minha humilde opinião, Nelson Vilela continua com o dom da escrita muito apurado.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D