Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fico confiante, volte!

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 01.02.09

          Para  quem gosta de navegar na Net, esta cara não lhe deve ser estranha. É bem conhecida no mundo da blogosfera e mais ainda na cidade da Figueira da Foz que tem neste figueirense um acérrimo defensor da sua gente e da "Rainha das Praias Portuguesas".  Quem é o cibernauta que não conhece os blogs "Praia da claridade" e "As Ondas" , e na Figueira, o nome do Filipe Freitas?  Não vou comentar o seu trabalho que me ultrapassa em saber e profundidade, venho apenas lembrar ao meu dilecto amigo que já é  tempo de regressar ao trabalho. As Ondas, deixaram de ondular a 20 de Maio de 2008, com aquele excelente  vídeo Figueira da Foz...vista do céu; a Praia da claridade, depôs as armas  após a  Batalha da Roliça 2º Centenário,  e  vai dai desde 17 de Agosto de 2008 que não temos Claridade... Meu Amigo parar é morrer e blogs como os seus não podem ser silenciados. Fico confiante, volte!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:54


9 comentários

De Anónimo a 12.02.2009 às 18:25

"ACREDITEI"

Acreditei,
por isso
fico entre o Céu e a terra;
como uma árvore nua
que ao alto os ramos indica...
Ergue as asas mas não voa,
tem raízes, mas não desce...
Esquece o tempo,
porque não sabe onde fica...!

José Teixeira da Siva in ACREDITEI

Mondim de Basto

De aquimetem, Falar disto e daquilo a 12.02.2009 às 20:19

O "preguiçoso" do Filipe não atende, não ouve o búzio ... Mas alguém amigo e boa alma aqui veio hoje deixar também um belo poema que o JTS no seu "ACREDITEI" inclui. Veio a-propósito porque devo a esse meu conterrâneo e distinto poeta mondinense uma palavra de gratidão pelo facto de me ter incluído no programa que consta em comentário deste post , de 5 do corrente mês. Ainda não pode confirmar a minha disponibilidade.
O Zeca Barroca é um mondinense de alma e coração, daqueles que realmente acreditam que os homens querendo transformam o mundo. É de cristão, mas os políticos não deixam, enganam-nos, também a mim.
No caso da barragem, como é que um simpatizante da força favorável à barragem, pode contrariar essa força? Só dizendo amem, ou então retirar ou transferir... a força. Entre quem é...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D