Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foi meu pároco e amigo

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 03.11.11

 

N.6-8-1948 --- F.26-9-2011

          É tradição, mas também obrigação cristã visitar os cemitérios nesta quadra que envolve os dias 1 e 2 de Novembro, respectivamente Dia de Todos os Santos e Dia de Fieis Defuntos - palavra que significa os que deixaram a sua "função", actividade terrena. A Igreja até concede indulgencias a quem nessa visita tiver presente as intenções do Santo Padre que são as de toda a Igreja Católica Apostólica Romana. Como a maioria dos que em Portugal aproveitam o Dia de Todos os Santos, por ser feriado nacional, para visitarem os seus Defuntos, também eu nesse dia me desloquei a Cemitério dos Prazeres e junto à sepultura do saudoso Padre Filipe lhe deixar em oração a minha sentida homenagem. Foi meu pároco e amigo.

          O Padre Filipe era aquele Frade Franciscano que como São Francisco amava de verdade todas as criaturas e que por isso também tanto na sua comunidade religiosa, como na sociedade civil era por todos estimado. Foi pároco de Carnide onde deixou obra assinalável como por exemplo o Centro Social e a igreja de São Lourenço, e como director do Externato da Luz deu prestigio à sua Comunidade, mas também à freguesia de Carnide.

          O Padre Filipe Carreira Rosário era natural da Caranguejeira (Leiria), onde nasceu a 06 de Agosto de 1948 e faleceu no passado dia  26 de Setembro (com 63 anos) no Instituto Português de Oncologia.

 

          Nesta humilde sepultura do talhão dos Franciscanos, no Cemitério dos Prazeres, repousam os restas mortais de um homem que em vida "encarnou com excelente primor a caridade, a assistência, a ajuda aos necessitados", sempre sem mostrar à outra mão o que deu a direita.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:26


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D