Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




aquimetem 2

por aquimetem, Falar disto e daquilo, em 26.02.07

 Paisagem entre a casa - mortuária e a igreja paroquial de C. de besteiros 

          Ontem andei por terras de Besteiros, onde fui despedir-me da Sra. Arminda Gomes que com 91 ano feitos foi a enterrar no cemitério do Campo.

          Sogra de um cunhado meu também já falecido, foi graças a ambos que pela primeira vez,  e já lá vão vários anos, visitei esta encantadora freguesia do concelho de Tondela que situada no sopé sul do Caramulo é  vizinha de Molelos , a famosa terra da louça de barro preto, muito semelhante à louça de Bisalhães-Vila Real. Não fora o motivo que agora me levou ali  que por certo havia de arranjar tempo para matar saudades a visitar o Caramulinho , lá na serra; cá em baixo, a Senhora do Campo; em Molelos , as olarias; e a Senhora da Esperança, à saída de Tondela para Santa Comba Dão.

          Vai ficar para outra altura que não seja como esta... e que com vagar possa  visitar entre outros o meu prezado amigo João Almiro que desta vez nem precisei de  procurar na Farmácia Almiro, visto que sem combinar o encontrei no referido cortejo fúnebre que me levou a Campo de Besteiros. Desta deslocação trouxe no meu telemovel duas fotos com que tentava  ilustrar este post, mas apesar das tentativas que fiz não consegui transferi-las para aqui. É mais um aquimetem 2..... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42


5 comentários

De Arte por um Canudo a 28.02.2007 às 00:59

Terrra linda! Parada de Gonta a minha terra fica também por esses lados.Aliás, pertence ao concelho de Tondela como pertence também Campo de Besteiros.Se está a falar do DR. João Almiro que tomou conta dos miúdos necessitados é uma pessoa muito querida por estas bandas. Quanto às fotos, neste momento e são 01.00 horas da manhã as fotos do sapo continuam a fazer greve. À hora que fez este post (23.42 h) elas ainda estavam avariadas.Mas de qualquer forma não estou a estender qual o passo errado para que elas não dêem.Vai continuar a insistir quando o sapo.fotos estiver a funcionar.Um abraço

De antonio a 28.02.2007 às 11:54

Caro amigo
Venho reencaminhado pelo Agostinho de Parada de Gonta. Achei piada aos vossos problemas com o Sapo e as fotos que não entram, o sistema deve andar em bolandas, as alterações são constantes, nós somos utilizadores cobaias, de teste para as plataformas Beta destes servidores, sempre em luta acesa com os tubarões Google e companhia!
Sou natural de Viseu mas vivo em Leiria há 41 anos.
Conheço razoavelmente essa zona à volta de Viseu, tenho um irmão a trabalhar como professor e Economista em Tondela, etc e tal.
Se precisar de alguma ajuda pode contar com a minha e, pelos vistos, do Agostinho, sempre prestável e duma simpatia a toda a prova!
Um grande abraço e boas entradas neste mundo dos blogues (blogs).
António

De guiga a 28.02.2007 às 17:27

Infelizmente não conheço essas belas paisagens. Julgo que nunca passeei por lá. Só perguntando ao meu pai! lool É que em pequenina, dava muitos passeios com os meus pais. Era muito bom! Boas recordações...

Só é pena a sua visita ter sido por motivos tão tristes!
Mas, visite o meu blog para comemorar a vida! :)

*.*

De jose espirito santo a 14.07.2009 às 13:38

Meu caro amigo José Augusto
É sempre com imensa admiração que observo o seu blog.
Já lho disse uma vez mas provoco-o de novo. Porque não se aventura numa obra histórica ou regional do nosso País. É um desperdício o seu talento não se aventurar em algo onde o seu dom da escrita não ser posto à prova. Um abraço
espirito santo

De aquimetem, Falar disto e daquilo a 14.07.2009 às 13:57

Aos olhos dos amigos até os defeitos parecem virtudes. Não me sinto vocacionado para fazer sucesso , os meus arrazoados são meras pinceladas que dou face ao sedutor panorama paisagístico que Deus ofertou ao homem, mas não sei pintar.No entanto procuro saber apreciar. Muito obrigado pela visita, e também pela sua boa intenção. Um abraço.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D